"Não se assinala o caminho apontando-o com o dedo, mas sim caminhando à frente."

Provérbio Macua - Moçambique

 

 

 

Oferta Educativa

.........................................................................................................................................

 

CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO

PARA QUEM?

Os cursos de educação e formação (CEF) têm como público-alvo os alunos com idade igual ou superior a 15 anos, em risco de abandono escolar ou que já abandonaram, antes da conclusão da escolaridade de 12 anos, bem como aqueles que, após conclusão dos 12 anos de escolaridade, pretendam adquirir uma qualificação profissional para ingresso no mercado de emprego.

QUAL O OBJETIVO?

Estes cursos incentivam ao prosseguimento de estudos/formação e permitem a aquisição de competências profissionais, através de soluções flexíveis, de acordo com os interesses dos alunos e as necessidades do mercado de trabalho local.

O QUE SÃO?

São percursos formativos organizados numa sequência de etapas de formação, consoante as habilitações de acesso dos alunos e a duração das formações. O plano de estudos inclui quatro componentes de formação: Sociocultural; Científica, Tecnológica e Prática.

 

PLANO DE ESTUDOS

CEF ACOMPANHANTE DE CRIANÇAS

Componentes de Formação Total de Horas

Sociocultural:

Português

Língua Estrangeira

Tecnologias de Informação e Comunicação

Cidadania e Mundo Atual

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho

Educação Física

 

45

45

21

21

30

30

 

Subtotal
192

Científica:

Matemática Aplicada

Psicologia

 

45

21

 

Subtotal
66

Formação Tecnológica

Acompanhamento de crianças

Assistência de crianças no domicílio

Abordagem sociofamiliar e atividades de tempos livres

Acompanhamento em creches e Jardins de Infância

 

192

175

190

175

 

Subtotal
732
Formação em Contexto de Trabalho
210

Total de Horas/Curso

1200

 

CURSOS PROFISSIONAIS

TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA

TÉCNICO DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

ARTES DO ESPETÁCULO - INTERPRETAÇÃO

 

PARA QUEM?

Os Cursos Profissionais podem ser o percurso mais indicado para quem concluiu o 9º ano de escolaridade e procura um ensino mais prático e voltado para o mundo do trabalho. Na nossa escola encontram-se a funcionar três cursos: Técnico de Apoio à Gestão Desportiva, Técnico de Organização de Eventos e Artes do Espetáculo/Interpretação.

QUAL O OBJETIVO?

Os Cursos Profissionais procuram desenvolver competências pessoais e profissionais para o exercício de uma profissão, mas preparam igualmente o acesso a formações pós-secundárias ou ao ensino superior. Após a conclusão com aproveitamento de um Curso Profissional obtém-se uma certificação escolar do ensino secundário e uma certificação profissional, conferindo o nível 4 de qualificação do Quadro Nacional de Qualificações.

O QUE SÃO?

Estes cursos têm uma estrutura curricular organizada por módulos, o que permite maior flexibilidade e respeito pelos ritmos de aprendizagem. O plano de estudos inclui três componentes de formação: Sociocultural; Científica e Técnica. A componente de formação técnica inclui obrigatoriamente uma formação em contexto de trabalho. Estes cursos culminam com a apresentação de um projecto, designado por Prova de Aptidão Profissional (PAP), no qual se demonstra as competências e saberes desenvolvidas ao longo da formação.

 

 

PLANO DE ESTUDOS

TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA

Componentes de Formação Total de Horas

Sociocultural:

Português

Língua Estrangeira I, II ou III

Tecnologias de Informação e Comunicação

Área de Integração

Educação Física

 

320

220

100

220

140

 

Subtotal
1000

Científica:

Matemática

Psicologia

Estudo do Movimento

 

200

200

100

 

Subtotal
500

Formação Técnica:

Práticas de Atividades Físicas e Desportivas

Organização e Gestão do Desporto

Gestão de Programas e Projetos do Desporto

Gestão de Instalações Desportivas

Formação em Contexto de Trabalho

 

330

280

255

235

600

 

Subtotal
1700

 

Total de Horas/Curso

 

3200

 

PLANO DE ESTUDOS

TÉCNICO DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

Componentes de Formação Total de Horas

Sociocultural:

Português

Língua Estrangeira I, II ou III

Tecnologias de Informação e Comunicação

Área de Integração

Educação Física

 

320

220

100

220

140

 

Subtotal
1000

Científica:

Economia

Psicologia/Sociologia

Matemática

 

200

200

100

 

Subtotal
500

Formação Técnica:

Gestão e Produção de Eventos

Marketing e Comunicação

Produção Técnica de Eventos

Criatividade e Metodologias

Formação em Contexto de Trabalho

 

420

185

330

165

600

 

Subtotal
1700

 

Total de Horas/Curso

 

3200

 

PLANO DE ESTUDOS

ARTES DO ESPETÁCULO - INTERPRETAÇÃO

Componentes de Formação Total de Horas

Sociocultural:

Português

Língua Estrangeira I, II ou III

Tecnologias de Informação e Comunicação

Área de Integração

Educação Física

 

320

220

100

220

140

 

Subtotal
1000

Científica:

História da Cultura e das Artes

Psicologia

Dramaturgia

 

200

200

100

 

Subtotal
500

Formação Técnica:

Interpretação

Movimento

Voz

Formação em Contexto de Trabalho

 

530

285

285

600

 

Subtotal
1700

 

Total de Horas/Curso

 

3200

 

PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO

PARA QUEM?

As turmas com percursos curriculares alternativos destinam-se a grupos específicos de alunos até aos 18 anos que apresentem insucesso escolar repetido; (pelo menos duas retençoes por ciclo), risco de abandono escolar, problemas de integração na comunidade escolar; ameaça de risco de marginalização e de exclusão social.

QUAL O OBJETIVO?

Os percursos curriculares alternativos são uma medida de caráter temporal e excecional a aplicar aos alunos quando estes não demonstrem progressos nos resultados escolares, mesmo após a adoção de outras medidas de promoção do sucesso escolar. No nosso estabelecimento de ensino encontram-se a funcionar turmas de PCA no 2º ciclo e 3º ciclo.

O QUE SÃO?

O plano de estudos* inclui três componentes de formação: Geral; Complementar e Artística, Tecnológica e/ou Vocacional.

PLANO DE ESTUDOS

PERCURSO CURRICULAR ALTERNATIVO (3º CICLO)

Componentes do Currículo Carga horária semanal (minutos)

Formação Geral:

Português

Matemática

Inglês

Educação Física

 

225

225

135

90

 

Complementar:

Projeto(s) Multidisciplinar(es)

 

810

 

 

Total

 

1485

 

PIEF

No presente ano letivo, encontram-se a funcionar, três turmas do Programa Integrado de Educação e Formação (PIEF), criado pelo Despacho conjunto n.º 948/2003 dos Ministérios da Educação e da Segurança Social e do Trabalho. Uma das turmas desenvolve-se no Centro Jovem Tabor que abriga jovens institucionalizados e que confere a certificação do 1º, 2º e 3º ciclo. Na escola sede de agrupamento funcionam duas turmas, uma do 2º ciclo que confere a certificação do 6º ano e outra do 3º Ciclo que confere a certificação do 9º ano. Após a conclusão deste Programa/Oferta Educativa os alunos podem prosseguir estudos no ensino secundário (cursos profissionais) ou caso realizem com sucesso as provas nacionais os cursos Científico humanísticos. Os PIEF apresentam como principal objetivo a conclusão da escolaridade obrigatória para menores com mais de 15 anos. Trata-se de uma medida que permite o combate ao abandono escolar e exclusão social, a partir de um processo de reintegração na escola. .

CARACTERÍSTICAS: O PIEF concretiza-se, relativamente a cada menor, mediante a elaboração de um Plano de Educação e Formação (PEF) com subordinação aos seguintes princípios:

  • Individualização, tendo em conta a idade, a situação pessoal, os interesses e as necessidades de inserção escolar e social do menor, com base em diagnóstico inicial;
  • Acessibilidade, permitindo a intervenção e a integração do menor em qualquer momento do ano letivo;
  • Flexibilidade, permitindo a integração do menor em percursos de educação e formação ou de educação extraescolar, nomeadamente em ações suscetíveis de certificação ou de creditação no quadro de percurso subsequente;
  • Continuidade, procurando assegurar uma intervenção permanente e integrada, através da frequência de atividades de desenvolvimento de competências, designadamente de caráter vocacional, de acordo com os recursos e as ofertas dos serviços e entidades tutelados ou apoiados pelos Ministérios da Educação e da Segurança Social e do Trabalho;
  • Faseamento da execução, permitindo o desenvolvimento da intervenção por etapas estruturantes do percurso educativo e formativo do menor;
  • Celeridade, permitindo a obtenção de certificados escolares em período de tempo mais curto, nomeadamente de um ano e de dois anos para a conclusão dos 2º e 3º ciclos do ensino básico, respetivamente;
  • Atualização, permitindo a revisão e alteração do plano, em função das alterações de situação e de necessidades do menor, disponibilizando-lhe apoio psicopedagógico e favorecendo-lhe a frequência de atividades de orientação escolar e profissional.

 

Considerado uma medida de inclusão social, o Programa Integrado de Educação e Formação concretiza-se através de Planos de Educação e Formação individualizados que integram uma componente de escolarização que favorece o cumprimento da escolaridade obrigatória, uma componente de formação para a ocupação e orientação vocacional, de acordo com os interesses e expetativas evidenciadas durante a intervenção e uma componente de educação para a cidadania com o desenvolvimento de atividades de interesse social, comunitário e de solidariedade, com a finalidade de promover a integração social, com a mobilização de saberes relacionais e sociais. Para os jovens com idade igual ou superior a 16 anos, os Planos de Educação e Formação individualizados integram uma componente de escolarização que favorece o cumprimento da escolaridade obrigatória e uma componente de formação em contexto de trabalho, de acordo com os interesses e expetativas evidenciadas por cada menor durante a intervenção.